USP lança cartilha com cuidados em caso de engasgo de criança

A Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP acaba de publicar uma cartilha voltada para famílias com bebês menores de um ano de idade, quando são mais propensos a engasgos.

“O que fazer quando seu bebê engasgar?” é toda ilustrada com imagens e passo a passo detalhado de ações a tomar caso um bebê venha a engasgar. As instruções vão da chamada para a emergência até os primeiros socorros que devem ser realizados ainda em casa.

A idealizadora da cartilha foi a recém graduada em enfermagem pela EERP Sabrina Bonetti, que notou a falta de materiais educativos dirigidos aos pais e familiares de bebês menores de um ano. Somado a isso, Sabrina verificou que o corpo de bombeiros de Ribeirão Preto atende grande número de ocorrências desse tipo com bebês.

A aluna levou essa preocupação à sua professora e orientadora Fernanda Góes e resolveram desenvolver uma cartilha científica. O resultado foi um material com conteúdo confiável e seguro para ser divulgado para a população. “Talvez o simples fato de ler ou ter a cartilha em casa possa ajudar os pais e familiares a socorrer seu bebê ou mesmo saber como pedir ajuda”, comenta a professora Fernanda.

O trabalho foi validado por professores de enfermagem, enfermeiros e médicos que atuam na área de resgate. Segundo a orientadora do trabalho, a literatura científica ainda não possui nada parecido com isso. Além disso, todas as informações contidas na cartilha estão de acordo com a última atualização das diretrizes para ressuscitação cardiopulmonar (RCP).

Link para Download: Clique aqui.

Tanto a aluna quanto a orientadora estão à procura de potenciais patrocinadores para a impressão em massa da cartilha, que deverá ser distribuída gratuitamente em postos de saúde, escolas e creches. Para ser um patrocinador, entre em contato pelo telefone (16) 3315-3417.

Fonte: Revide.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia Online

 

Se você possui ou conhece um patrão que não está cumprindo com suas obrigações trabalhistas ou agindo de má fé, faça agora a sua denúncia.

O seu e-mail será recebido pelo nosso Departamento Jurídico QUE MANTERÁ SIGILO TOTAL QUANTO AO AUTOR DA DENÚNCIA.  Haverá uma investigação e caso seja comprovada a irregularidade, iremos atuar tomando as providências cabíveis no caso.

DENUNCIE! LUTE PELOS SEUS DIREITOS!

SINDEES COMUNICA

 

Os atendimentos na sede do sindicato foram suspensos, devido as medidas preventivas recomendada pela OMS- Organização Mundial da Saúde, mantendo somente os atendimentos telefônicos.